“Tudo que for negativo, eu deleto automaticamente da minha cabeça”

“Já é carnaval cidade, acorda pra ver, a chuva passou cidade, e o sol brilha aê…”. O Brasil inteiro já respira carnaval, a ansiedade tomando conta das pessoas e a expectativa de olhar grandes artistas se apresentando na folia é grande. Em Salvador, a verdadeira cidade da música, uma banda muito conhecida do grande público vai abrilhantar mais esse carnaval.

A banda Cheiro de Amor, dona de grandes sucessos no carnaval de Salvador, promete deixar os foliões elétricos em seus desfiles. Em entrevista exclusiva, a vocalista da banda, Vina Calmon, contou em detalhes sua paixão pelo trio elétrico, a parceria com o cantor e ator, Lucas Lucco, além da sua relação com os fãs. O blog Cj Martim, que não é bobo, vai aproveitar o período carnavalesco e dar uma pequena pausa, mas volta com novas entrevistas no dia 15/02. Boa folia !

vina05

Vina Calmon. Talento e dedicação na Banda Cheiro de Amor. Foto: Divulgação/Assessoria

Cj Martim:  Consegue ter a percepção da extensão da sua voz e quais  zonas são confortáveis para cantar? Teve que adequar seu timbre para cantar axé music?

Vina CalmonUm pouco técnica demais essa sua pergunta, ainda não tenho essa percepção, rsrs.. Sobre me adequar a cantar axé, eu acho que foi o tempo e a estrada que me deu essa tranquilidade para cantar o axé, mas nunca senti dificuldade não.

Cj Martim:  O processo de decorar as letras das músicas é pela plena repetição incessante ou existem recursos para pegar fácil e dar conta de todo repertório da banda?

Vina Calmon: É pela plena repetição sim, a gente já está tão acostumado com isso, que acho, que a melodia já ajuda, a música envolve a gente até nisso, eu que sou intérprete sinto um apoio da melodia para decorar a letra.

Cj Martim: Consegue se sentir confortável em um trio elétrico, espaço onde, talvez, não possibilite muito dançar com todo conforto como em um palco?

Vina Calmon: Me sinto muito confortável. Amo trio elétrico! Amo, amo e amo. Qualquer espaço que me proporciona a música está ótimo, pode ser palco ou trio ali é o meu lugar, é o meu espaço.

0001180 (1)

Banda Cheiro de Amor arrebentando no Campo Grande. Foto: Divulgação/Assessoria

Cj Martim: Consegue ter percepção da faixa etária, estilo, o que deseja e o que talvez possa causar algum estranhamento em seu público? Como fidelizar fãs a embarcarem em suas inquietações artísticas ?

Vina Calmon: Olha, a faixa etária, eu acho, que é entre 18 a 35. O estilo é dividido entre esse público: os mais velhos gostam muito da história do Cheiro de Amor, foram pessoas que curtiram e entendem melhor essa história e os mais jovens é mais a questão do modismo, do novo, eles entendem melhor essa linguagem. Estranhamento não vejo em nada (risos). Como fidelizar, eu acho, que o tempo mesmo faz isso, as pessoas passam a conhecer meu trabalho e admirar o que eu faço, tenho sido presenteada cada dia com mais fãs e seguidores que curtem meu trabalho, é isso, música, música e música sempre. A música faz isso.

Cj Martim: É fato ou uma lenda que cantores têm maior facilidade em aprender línguas estrangeiras? Já passou por alguma dificuldade nesse aprendizado?

Vina Calmon: Acho que é verdade sim, eu desde pequena, mesmo sem saber inglês por exemplo, com a propriedade da melodia enganava direitinho (risos).

Cj Martim:  Você fazia parte da banda Axerife. Essa transação para o Cheiro de Amor despertou em você uma perspectiva de mudar algo que, talvez, não funcionasse na antiga banda ou acrescentar algo em seu atual momento no Cheiro?

Vina Calmon: Acho que cada banda é totalmente diferente da outra, entrei no Cheiro, obviamente, querendo somar e agregar coisas novas. Fui muito feliz na Axerife e fiz tudo que quis e pude para evolução da banda, e estou muito feliz com os resultados que tenho tido a frente do Cheiro.

Cj Martim:  Como lida com essa relação de amor e ódio que as redes sociais estabelecem com um artista? Até que ponto reflete no que deve ou não publicar?

Vina Calmon: Tudo que for negativo, eu deleto automaticamente da minha cabeça, não absorvo nada de ruim, eu posto o que eu quero, o que eu acho que acrescenta as pessoas, eu gosto de postar coisas que me deixam mais próxima dos meus fãs, a opinião das pessoas que gostam de mim é a que vale.

vina07

Vina Calmon. Potência vocal da nova geração de artistas da Axé Music. Foto: Divulgação/Assessoria

Cj Martim: O novo clipe do Cheiro de Amor com o cantor Lucas Lucco chama atenção. Ambos exalam sensualidade, de uma forma interessante, sem parecer vulgar. Como foi o processo na escolha de estabelecer essa nova parceria?

Vina Calmon: Estamos tentando agendar uma participação em nosso show ou no dele, mas as agendas estão difíceis de bater. Lucas é da nossa gravadora Sony Music. Já havíamos convidado ele para participar do nosso DVD gravado no Dique, mas não conseguimos pois ele tinha show. Quando escolhemos “Proposta Indecente” para nossa nova música de trabalho, pensamos na mesma hora em concretizar a parceria que já tínhamos em mente.

Cj Martim: Antigamente, o Cheiro de Amor quando passava na avenida, exalava um cheirinho bom, muita gente se lembra disso. Tem saudade dos antigos carnavais como foliã?

Vina Calmon: Comecei a cantar muito cedo, infelizmente, não pude curtir muito como foliã, mas não me arrependo, minha alegria é cantar.

Cj Martim: Ficou emocionada na gravação do DVD da banda, no Dique do Tororó, em Salvador? O resgate de antigos sucessos é necessário para fazer com que o público entenda que independente das mudanças da banda, a sua base não vai ser esquecida?

Vina Calmon: Foi um dia incrível, haja o que houver eu nunca esquecerei aquele dia. Foi emoção a flor da pele, a todo instante da gravação. Acho que era impossível deixar os grandes sucessos de fora, pois a gravação era uma reafirmação da Banda Cheiro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s