“Iru é um personagem diferente de tudo que já fiz”

Guilherme Boury vive um ritmo alucinante de trabalho atualmente. Além de participar da novela Os Dez Mandamentos”-Nova Temporada, na Record, integra o elenco da próxima novela bíblica da emissora, A Terra Prometida”, ambas defendendo o personagem Iru, o guerreiro da história.

Nesta entrevista, o ator comenta o atual momento político do país, sua satisfação com o novo personagem (Iru) e sua metodologia de trabalho. Com um sorriso largo e energizante, é fácil entender por que Guilherme vive seu melhor momento na carreira: tem alma e energia que circulam sem pressa, sem medo e sem culpa.

Guilherme-Bourye

Guilherme Boury. Foto: Reprodução.

Cj Martim: Você já passou por várias emissoras. Essa movimentação é importante para seu trabalho ou não chega afetar diretamente?

Guilherme Boury: Estive na TV Record, depois TV Globo, a seguir no SBT e agora de volta à Record. Bom é saber que o mercado de trabalho está bem e em busca de atores para novelas, novas produções de séries, seriados, etc…

Cj Martim: Como se define como ator? Como encontrar um diferencial para não ser mais um profissional, em meio a tantos outros?

Guilherme Boury: Sou um ator em busca de personagens…sempre. O legal é poder encontrar novos trabalhos que tragam oportunidades de explorar novas formas, novas emoções, novos contextos.

Cj Martim: Você fez “Fina Estampa” e “Chiquititas”. Uma novela voltada para o público maduro e outra para o público infantil. Isso indiretamente amplia seu público a ter mais alcance ao seu trabalho?

Guilherme Boury: Como disse antes, o legal é poder explorar diferentes faces das personagens que surgem…O público é sempre o termômetro para nosso trabalho.

Cj Martim: Vivemos em um caos político. Caos com lente de aumento da mídia ou a situação é alarmante? Como ator, direta ou indiretamente, vem sendo prejudicado pela crise?

Guilherme Boury: Creio que seja importante não perdermos nosso sentindo e nossa razão no caos, pois, com certeza, seremos um Brasil mais unido e mais forte após a tempestade.

Guilherme_Boury_1

Guilherme de Boury. Foto: Reprodução.

Cj Martim: Como é seu processo de decorar falas? Não adianta o ator ter mil e uma ideias para construção de um papel, se não tem entendimento do texto e ruim na memorização?

Guilherme Boury: Leitura, leitura, leitura, descanso, exercício da personagem… Aí vem a instrução da direção, trocamos ideias e, então, ali está a personagem pronta para trabalhar todos os dias”.

Cj Martim: O que sua arte se angustia, o que faz ela sorrir e o que aguça ser questionada?

Guilherme  Boury: Essa arte só me traz alegrias… E fico buscando sempre novas possibilidades, seja no teatro, cinema, Tv…enfim, sem acomodação.

 

Cj Martim: Conte um pouco sobre seu novo trabalho em “A Terra Prometida”.

Guilherme Boury: Um desafio novo. Esse personagem (Iru) é diferente de tudo que já fiz, estou aprendendo a andar a cavalo e lutar com espada. Um texto diferente e desafiador. Estou empolgado com esta nova personagem.

Cj Martim: A morte é inevitável, mas quando um ator (em sua profissão) morre, de fato?

Guilherme Boury: Quando se acomoda.

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s