Maria Clara Spinelli: ‘Glória Perez vive o auge da maturidade criativa’

Maria Clara Spinelli vive o auge do sucesso com a personagem Mira, da trama ‘A Força do Querer’. Inseparável de Irene (Débora Falabella), essa amizade ganhou torcida de fãs, mesmo ambas serem premiadas com caráter falho. Em entrevista exclusiva ao blog, a atriz mostrou naturalidade em se posicionar sobre política e os altos e baixos da fama.

Uma atriz sensível sempre chama mais atenção do que outra movida apenas à técnica. Maria é suave, algo que encanta os telespectadores, sempre movidos a olhar estrelas.

Super Max

Maria Clara Spinelli. Foto/ Renato Rocha Miranda.

Cj Martim: Explica o motivo do grande sucesso de ‘A Força do Querer’. O que essa trama resgatou que vem mantendo o público atento e fiel à história?

Maria Clara: Bem, é o que sinto fortemente quando vejo a novela, como espectadora, e quando leio os capítulos, é que a Glória Perez vive o auge da sua maturidade criativa. Ela consegue colocar nos diálogos tanta humanidade, tanta verdade, que você, naturalmente, acaba se envolvendo com as personagens. O que é legal na novela é que as coisas acontecem! Você não fica esperando a metade da trama, o último capítulo para as coisas acontecerem. É uma obra viva, como na vida. Existe qualidade no texto, a beleza da Glória em contar essas histórias, com uma narrativa dinâmica.

Cj Martim: A sua química com a personagem da Débora Falabella (Irene) funcionou muito bem no ar. Já se conheciam?

Maria Clara: Poxa, que pergunta legal. É gostoso falar sobre isso, porque vem sendo incrível esse trabalho com a Débora, mas nós não nos conhecíamos. Ela fez questão de me receber tão bem, me senti acolhida. Débora tem o coração do tamanho do talento dela, enorme!

Cj Martim: Não acha hipócrita muita gente criticar a corrupção crescente dos políticos, e continuarem praticando o ‘jeitinho brasileiro’, no cotidiano? Maria Clara, os brasileiros sabem verdadeiramente o que é corrupção?

Maria Clara: Eu acho que, em primeiro lugar, os brasileiros precisam fazer uma autoavaliação do que realmente o país deseja, partindo do micro para o macro. É uma inversão de valores grande, que envolve todo mundo, mas precisamos exercer o poder do voto. Infelizmente, ainda não sabemos escolher nossos representantes. Acredito que, os brasileiros, não sabem o que é corrupção. Corrupção não é só o que políticos fazem, mas o jeitinho brasileiro, a nota com o valor adulterado, tudo isso é corrupção.

Cj MartimA fama é um’ refrigerante gelado’ irresistível?

Maria Clara: Eu sei que refrigerante gelado é uma coisa deliciosa, mas eu não tomo refrigerante. Então, ele não é irresistível para mim. Eu acho que é uma metáfora que se reflete à fama. Você tem que entender que é algo temporário, que não vai se tornar mais bonita, mais interessante, por causa disso. O trabalho, manter os pés no chão, é necessário para saber lidar com períodos de menor visibilidade.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s