Paulo Dalagnoli: ‘Sou um ator que está vivenciando a música’

Temos mais um ator que virou cantor no país! E que bom que ele descobriu isso. Paulo Dalagnoli, que marcou a temporada do seriado Malhação 2014 com o personagem Lírio, defende junto com o cantor e pianista Felipe Camargo um novo projeto musical, que final de abril vai ser materializado com um álbum e videoclipe, sendo divulgado nas plataformas digitais. Em janeiro, o ator já tinha lançado o single ‘Além do Horizonte’, com a cantora Luiza Pastore, em parceria com a gravadora Som Livre. Paulo Dalagnoli deixou a carreira de ator? É o que você vai descobrir nesta entrevista exclusiva para o blog.

29243120_1691825130897859_1206331995_o
Paulo Dalagnoli. Foto/Assessoria

CJMartimPaulo, aqui no Brasil, temos o Fábio Jr, Maurício Mattar, Marjorie Estiano, Fafá de Belém e tantos outros artistas que conciliam suas carreiras de cantores com o ofício de atuar. Você pretende também equilibrar ambos ou o foco é investir como cantor?

PauloA história musical em minha vida aconteceu muito rápido. Como ator, penso que é de fundamental importância desenvolver o canto. Já tive experiências no teatro musical e agora como cantor. Estou gostando! Mas estou deixando a vida me levar, levando a música em paralelo com a dramaturgia. Sempre deixando bem claro, que eu sou um ator que está vivenciando a música.

CjMartimComo conheceu o cantor e pianista Felipe Camargo, a cantora Luiza Pastore e em quê exatamente o estilo musical deles aguçou sua curiosidade e vontade de uma parceria?

PauloO Felipe Camargo, eu conheci através de um projeto beneficente, Fadas Madrinhas, que ambos são envolvidos. E a Luiza Pastore, eu conheci através do produtor musical, Rubens Pastore, que idealizou o projeto. E ambos temos em comum um gosto musical muito próximo.

 

thumbnail_IMG_7930
Paulo Dalagnoli com o cantor e pianista Felipe Camargo. Foto/Assessoria

CjMartimComo funciona o cenário musical atualmente com a falência de grandes gravadoras, novas mídias a todo vapor e o boom (novamente) dos videoclipes?

Paulo:  Hoje vivemos em um mundo digital, e a música também foi levada para esse universo.

CjMartimO exagero das informações é o grande câncer do mundo do entretenimento? Aumentar um fato sem muita importância e montar um verdadeiro espetáculo para gerar compartilhamentos nas redes sociais é assustador?

PauloInfelizmente isso acaba acontecendo, talvez por maldade ou com o intuito de alcançar uma maior audiência. É abominável tudo o que é feito de maneira sensacionalista e tendenciosa. E muitas vezes, podendo causar danos irreparáveis para alguém.

CJMartimQual cantora brasileira, neste momento, tem despertado seu interesse em acompanhar o trabalho?

PauloGosto muito do que a Anitta vem fazendo. Ela vem desenvolvendo um trabalho sólido, se posicionando como um grande nome da música brasileira no cenário mundial. Ela mostrou que veio para ficar.

Deixe uma resposta