Carlo Porto: ‘Cheguei em São Paulo sabendo o que eu queria’

Por ora, a novela ‘Carinha de Anjo’ termina na próxima semana, mas antes tem entrevista exclusiva com o protagonista da trama, o ator Carlo Porto, o Gustavo, que proporcionou para o ator, acredito, ótimos momentos de interação com o público nas redes sociais e, de longe, o trabalho mais importante dele na TV, baseado em nossa opinião. Globo, carreira de modelo, SBT e mais assuntos foram abordados. Confira.

_MG_0273

CjMartimComo surgiu o convite para interpretar o Gustavo, na novela ‘Carinho de Anjo’? Por curiosidade, chegou a assistir a versão mexicana da trama?

CarloO convite veio depois de ter feito uma bateria de testes e de ter sido aprovado em cada um deles mesmo concorrendo com muitos profissionais do meio. Aí sim, veio o convite. No mundo onde vivemos, somos avaliados todos os dias e na minha profissão não é diferente. Tenho que “matar um leão por dia”. Mas estou feliz com o projeto. É sempre muito gratificante trabalhar com o público infantil. Vi apenas alguns trechos da versão mexicana. 

CjMartimQual seu método para decorar textos? Essa prática se alinha em qualquer tipo de texto que for trabalhar?

Carlo: Não tem segredo. Decoro o texto depois de tê-lo estudado. As frases vão se encaixando como pecinhas de montar. Experimentando inflexões, intenções, maneiras diferentes de dizer cada frase e associando elas a imagens. Não tenho nenhum segredo!

CjMartimA sua relação com a Globo sofreu algum tipo de arranhão com sua ida ao SBT? O contrato por obra não é tenso para um ator, que pode ficar desempregado a qualquer momento?

CarloMeus amigos na Globo torcem por mim. Pelo meu desenvolvimento pessoal e profissional. Sempre foi assim. E sobre o contrato por obra…bem, isso pode ser maravilhoso pra quem sabe tirar proveito disso. Quando estamos contratados, precisamos tirar a prioridade dos nossos projetos pessoais e voltar a atenção para a emissora que está nos contratando. E fora do período de contrato, estamos livres pra dar continuidade aos projetos que nascem no nosso coração.

CjMartimSofreu algum tipo de preconceito com colegas pelo fato de ser um modelo que virou ator? Esse preconceito ainda tem força, mesmo com alguns atores talentosos, que foram modelos no passado, estarem fazendo sucesso?

CarloEngraçada essa coisa de “modelo que virou ator”. Falando assim, parece que até ontem eu estava em algum reality show. Minha carreira de modelo foi curta, aliás, curtíssima. E eu pegava aquela grana e investia em mim mesmo, nos meus estudos. Cheguei em São Paulo sabendo o que eu queria e usava o “ser modelo” como uma ponte para aquilo que eu realmente desejava. E as coisas estão acontecendo no seu tempo. Sei da onde vim e sei aonde quero chegar. E nada é do dia pra noite. É tudo um processo. 

CjMartimO modelo é um produto. Alguma vez se sentiu desconfortável nessa posição, afinal, suas ideias, opiniões, passam a ficar em segundo plano e o corpo, a jovialidade,ficam em destaque.

CarloO modelo está vendendo um serviço e faz isso como qualquer outro profissional. Eu tenho muito respeito por essa profissão e pelos profissionais que a desempenham. Mas há algo nela onde eu não me vejo inserido. Eu estou aqui porque eu tenho algo a dizer. E neste sentido, eu encontro na profissão do ator um lugar onde me sinto mais confortável, um lugar onde terei mais espaço pra isso. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s