Sucesso em ‘A Ponte’, Fabio Beltrão avalia sua participação no reality: “O programa é uma metáfora com a nossa própria vida”

Fabio Beltrão. Foto/ Sergio Baia

Fabio Beltrão, ator, é movido pela adrenalina. Talvez isso explique sua participação no reality A Ponte: The Bridge Brasil, no streaming da HBO Max, que divulgou os dois últimos episódios da temporada nesta quinta-feira (23). Em entrevista exclusiva, o artista que marcou presença na novela Verão 90 e no extinto seriado Malhação, explicou seu preparo físico para esse desafio na carreira.

cjmartim: “A Ponte” é um reality focado no esforço físico ou precisa de uma narrativa carismática do participante?

Sem dúvidas foi um dos desafios físicos mais intensos que já tive, porém as alianças podem fazer toda a diferença no final do programa, já que apenas uma pessoa leva o prêmio. O programa é uma metáfora com a nossa própria vida, ninguém chega a lugar nenhum sozinho e por isso a ponte deve ser construída em grupo.

cjmartim: Esse é o seu segundo reality. Não é perigoso um ator participar de realities e correr o risco de ter sua imagem “cancelada”?

O formato de reality está super em alta, o brasileiro ama esse formato e essa mentalidade de que ator não pode participar está ultrapassada. Hoje em dia criamos nosso próprio reality show no Instagram e o público adora conhecer a intimidade. Porém, é óbvio que essa exposição pode prejudicar caso o participante tenha atitudes negativas, por isso, um pessoa pública tem que estar muito segura para entrar num programa como esse, eu estava.

Cjmartim: Como se define com ator? Qual estilo de interpretação se sente mais confortável?

Me defino como um ator curioso que está constantemente em busca de desafios, tanto atuando e construindo um personagem como também construindo uma ponte (risos). Eu sou movido a desafios, tanto na vida profissional como na vida pessoal, então pra mim não existe um estilo confortável ou preferido, eu gosto do que me tira da zona de conforto.

Cjmartim: O cuidado com o corpo é muito natural para você ou é uma obrigação necessária?

O cuidado com o corpo, de dentro pra fora, deve ser uma obrigação para todas as pessoas. Não existe bem maior que nossa vida, nosso corpo, nossa mente. Eu sempre fui doido por esportes e sempre me cuidei com foco na saúde, o que consequentemente contribui esteticamente também, mas meu foco sempre foi a saúde, me alimentar bem, dormir bem, beber muita água, treinar todos os dias e cuidar do meu corpo, que é o meu instrumento de trabalho. Uma das coisas que faço há anos e adoro é o jejum intermitente, faço no mínimo 16h por dia, em média 4,5 dias por semana. Saúde em primeiro lugar sempre!!

Deixe uma resposta