David Silvah: ‘A única maneira de nos livrarmos do racismo é através da educação’

O entrevistado de hoje do CJ Martim é o cantor David Silvah, que bebe da fonte da black music, mas passeia por músicas latinas e o samba. O Brasil tem uma ‘salada’ musical muito intensa, não tem como não abraçar quando surgi um artista disposto a colocar mais ingredientes nessa mistura. David, seja bem vindo!

imagem_release_1003187
David Silvah. Foto/ Filipe Nevares.

Continue lendo “David Silvah: ‘A única maneira de nos livrarmos do racismo é através da educação’”

Gus Dantas: ‘Nunca me passou pela cabeça a ideia de viajar para curar alguma tristeza.’

Blogueiro, amante de viagens e preocupado com o meio ambiente. Seu nome? Gus Dantas, que concedeu uma entrevista exclusiva ao Cj Martim, explicando o objetivo do seu blog de viagens ‘GusDantaslife’ e todas as curiosidades que circulam nos bastidores dessas aventuras.

Gus Dantas é um homem apaixonado pelo mundo, logo tenta abraçá-lo com força, alegria e doses elevadas de contentamento.

IMG_20160919_085152
Gus Dantas. Foto/ Divulgação.

Continue lendo “Gus Dantas: ‘Nunca me passou pela cabeça a ideia de viajar para curar alguma tristeza.’”

Matthieu Doat: ‘ O povo francês adora música brasileira’

Matthieu Doat é um cantor francês que vive um amor sadio com a música brasileira e, as visitas constantes do samba em seu trabalho, comprovam isso. Em entrevista exclusiva ao blog, o cantor não economizou elogios a cantora sambista Ju Moraes.

Interessante alguém trazer o requinte da França, misturar com a espontaneidade do Brasil, e dessa mistura criar sua identidade artística. Sem diferencial, se manter na carreira artística se torna difícil. Matthieu entendeu esse recado.

17437652_1902915353253159_8571816233807118336_n
Matthieu Doat. Foto/ Reprodução.

Continue lendo “Matthieu Doat: ‘ O povo francês adora música brasileira’”

“Os resultados bons param quando o atleta acha que é autossuficiente”

Guilherme Guido é a força em pessoa! O nadador olímpico, em entrevista ao Cj Martim, revela, em detalhes, como foi sua classificação para as Olimpíadas Rio 2016.

“Fazemos acompanhamentos psicológicos semanalmente”, afirmou o nadador, em um dos trechos da entrevista, ao comentar a preparação dos atletas.

A piscina tem seu ritmo, mas Guilherme tem um ritmo próprio. Nas competições, ambos vão precisar encontrar um alinhamento, um acordo, para conquistarem bons resultados. Isso exige da água regada a cloro paciência e dele perspicácia!

guilherme-046-4
Guilherme Guido. Foto/Divulgação.

Cj MartimExplica para o público leigo como funciona o Torneio Maria Lenk e sua conquista nos 100 metros de costas, responsáveis pela sua classificação nas Olimpíadas RIO 2016. Continue lendo ““Os resultados bons param quando o atleta acha que é autossuficiente””