Leonardo Alvarenga: “Vamos mostrar ao mundo que sabemos fazer um evento de grande porte como as Olimpíadas”

Leonardo Alvarenga trabalhou durante muitos anos como comissário de voo na companhia aérea “Emirates Airlines”, nos Emirados Árabes Unidos (EAU). Conheceu muitos países, fez novas amizades e superou à distância dos familiaresAgora vai ter à oportunidade de reciclar sua carreira. Os novos rumos apontam trabalhos como instrutor de comissários de voo e assumindo sua própria empresa, no ramo do design.

Nesta entrevista, ele relata como o Brasil é visto no exterior, a importância das Olimpíadas no país e desmistifica alguns conceitos equivocados relacionados aos comissários de voo. Com exclusividade, alguns trechos da conversa, podem ser conferidos em vídeos.

Leonardo é um verdadeiro príncipe. A sua educação não é só em palavras, mas em ações também. Só um príncipe tem percepção dos problemas e glorias do seu país e a oportunidade de viajar o mundo todo, mantendo alegria, humildade e força para viver. Ele  vai alcançá-lo nesta entrevista!

Foto- Capa2

Leonardo Alvarenga. Foco, carisma e alegria de viver. Foto: Divulgação.

Cj Martim: Comente para o público leigo, como funciona a rotina de um comissário e quais dores e delícias da sua antiga profissão. Continuar lendo

“Os resultados bons param quando o atleta acha que é autossuficiente”

Guilherme Guido é a força em pessoa! O nadador olímpico, em entrevista ao Cj Martim, revela, em detalhes, como foi sua classificação para as Olimpíadas Rio 2016.

“Fazemos acompanhamentos psicológicos semanalmente”, afirmou o nadador, em um dos trechos da entrevista, ao comentar a preparação dos atletas.

A piscina tem seu ritmo, mas Guilherme tem um ritmo próprio. Nas competições, ambos vão precisar encontrar um alinhamento, um acordo, para conquistarem bons resultados. Isso exige da água regada a cloro paciência e dele perspicácia!

guilherme-046-4

Guilherme Guido. Foto/Divulgação.

Cj MartimExplica para o público leigo como funciona o Torneio Maria Lenk e sua conquista nos 100 metros de costas, responsáveis pela sua classificação nas Olimpíadas RIO 2016. Continuar lendo

“As pessoas não entendem que não é preciso chegar ao topo do alto rendimento para ter os benefícios do esporte”

Felipe Martins é nadador e modelo. Não pense que o caminho anda sendo fácil. Felipe precisou realizar uma viagem ao fundo do ego, se construir, se desconstruir, para, finalmente, se tornar um homem consciente das suas capacidades e limitações. A moda costuma passar uma frieza estampada no rosto dos modelos, assim como os atletas, que poucos sorriem. Felipe com o olhar, consegue humanizar esse estereótipo, que cerca as duas profissões.

Vamos conferir essa entrevista, que me orgulha em ter se tornado possível, porque pela primeira vez, percebi em um modelo, uma consciência do seu lugar no mundo e, do atleta, uma falta de ansiedade demasiada para provar algo. Felipe Martins é o que ele quiser ser.

Felipe Martins. Disciplina, foco e determinação. Foto: Reprodução/ Assessoria

Felipe Martins. Disciplina, foco e determinação.
Foto: Reprodução/ Assessoria

Cj Martim: Disciplina é algo que aprendeu desde cedo ou as exigências do cotidiano direta ou indiretamente obrigam para isso?

Felipe Martins: Continuar lendo